Ouça agora na Rádio

N Notícia

Stéphanie Moos

FOTO: Stéphanie Moos

Prefeito e Vice Prefeito de São João dão entrevista a Rádio São João para esclarecer dúvidas aos munícipes.

Na manhã desta Terça-Feira(12) estiveram presentes na Rádio São João AM 1580 o prefeito do município de São João Altair  José Gasparetto e o vice prefeito Roni Peterson Casarin, os quais deram entrevista para esclarecer as dúvidas à respeito da remoção da Capela Funerária Municipal.

 Durante a entrevista o prefeito assumiu que a falha da prefeitura foi não ter avisado previamente a população sobre a remoção da capela.

A maior dúvida dos munícipes seria se com a remoção, para velar em um novo local teria que pagar para utilizar o espaço.

O prefeito explicou que já teria sido conversado com a Funerária Bom Jesus, que o local Bom Jesus Cerimônias de Luto está disponível para a população sem problema e sem custo algum, mesmo que a família tenha  solicitado os procedimentos com outra funerária.

Foi questionado pelo entrevistador Nélio moos, se já há planejamento de uma nova Capela Mortuária, onde o prefeito afirmou que já estão analisando o que é mais viável para o município na questão da construção e onde seria o melhor local para o município e os munícipes.

Projeto o qual já foi passado pela câmara de vereadores, juntamente com o projeto de ampliação do posto de saúde do município.

Aproveitando o espaço cedido, o prefeito Altair comentou que para poder repousar essa semana, o vice prefeito Roni estará assumindo seu lugar na Prefeitura Municipal.

 Tomando espaço de fala, o Vice Prefeito Roni, afirmou novamente que a população pode ficar tranquila a respeito da Capela mortuária, na falta de um ente querido já está tudo providenciado com a Bom Jesus Cerimônias de Luto e sem custo algum para a população. E afirmou que, a maioria dos distritos do município já estão providenciando a sua própria capela mortuária.

Durante a entrevista um ouvinte questionou a respeito da compra de terreno no cemitério, para fins de sepultamento, onde o prefeito Altair esclareceu dizendo que é uma lei bem antiga, porém o preço é simbólico.

Também foi questionado através do entrevistador se haveria a possibilidade de colocar um ossário no município de São João. O prefeito afirmou que a possibilidade será levada para análise e acredita que é possível, mas que esse assunto será abordado mais diretamente na próxima entrevista cedida à Rádio São João 1580, que será no dia 30 de março, último sábado do mês.

FONTE: Nélio Agostinho moos
Link Notícia