Ouça agora na Rádio

N Notícia

Caixa Econômica Federal

FOTO: Caixa Econômica Federal

Ganhadores não resgataram R$ 150,6 milhões em bilhetes premiados.

Nos últimos 5 anos, os valores não retirados pelos ganhadores somaram R$ 1,5 bilhão.

Até junho deste ano, R$ 150,6 milhões deixaram de ser resgatados por ganhadores de prêmios de loterias no Brasil, segundo a Caixa Econômica Federal. Em 2017, R$ 326 milhões foram deixados para trás.

Nos últimos 5 anos, os valores não retirados pelos ganhadores na Mega-Sena, Lotofácil, Quina, Lotomania, Timemania, Dupla Sena, Loteca, Lotogol somaram R$ 1,5 bilhão.


Ano 2013 2014 2015 2016 2017
Valores
256,7
315,2 301,3 320,4 326,0
 

Pelas regras das loterias, os ganhadores de qualquer sorteio têm até 90 dias corridos (com fins de semana e feriados) após a realização do sorteio para resgatar o prêmio.

Segundo a Caixa, os prêmios prescritos –não resgatados no prazo– são repassados ao Fies (Fundo de Financiamento Estudantil), programa do governo federal de financiamento de cursos de gradução no ensino superior.

O educador financeiro Mauro Calil, fundador da consultoria Academia do Dinheiro, analisa que o montante não resgatado é resultado do acúmulo de vários prêmios pequenos que foram deixados para trás.

“Um dos motivos para a pessoa não resgatar pode ser o desinteresse por 1 prêmio pequeno. Outro fator pode ser a pessoa achar que tem mais tempo para resgatar o dinheiro ou não saber onde e como receber”, diz.

Na opinião de Calil, a quantia, por mais que baixa, poderia ser aproveitada nas mãos dos cidadãos.“Os valores, provavelmente, seriam gastos no comércio e impactaria mais rápido a economia”, afirma.

Como resgatar o prêmio

Para retirar o valor, o ganhador deve comparecer a qualquer agência da Caixa Econômica com o bilhete premiado, documento de identificação e CPF.

O banco ressalta que, em casos de bilhete ao portador (aqueles que não possuem a identificação do apostador) é importante que o ganhador escreva o nome completo, RG e CPF no verso da aposta antes de sair de casa. Assim, garante que ninguém retire o prêmio em casos de perda.

O local de resgate varia de acordo com o valor que será retirado. Prêmios de até R$ 1.903 podem ser sacados em casas lotéricas credenciadas ou em agências da Caixa. Acima desse valor, o ganhador só recebe na agência bancária.

Para os sortudos que ganharem R$ 10.000 ou acima o pagamento só é feito após 2 dias do comparecimento em uma agência da Caixa.

FONTE: Marlla Sabino e Anna Russi
Link Notícia