Ouça agora na Rádio

N Notícia

© REUTERS / Enzo De Luca/Courtesy of Bolivian Presidency

FOTO: © REUTERS / Enzo De Luca/Courtesy of Bolivian Presidency

Justiça da Bolívia libera Evo para concorrer a quarto mandato

O Tribunal Supremo Eleitoral (TSE) da Bolívia autorizou a candidatura do presidente Evo Morales e de seu vice, Álvaro García, a um quarto mandato consecutivo nas eleições gerais previstas para outubro de 2019.

Informações compartilhadas Sputnik Brasil

A habilitação do binômio Morales-Garcia, do Movimento ao Socialismo, e dos pares de candidatos de sete partidos e frentes de oposição foi anunciado em uma entrevista coletiva na noite desta terça-feira, quatro dias antes do prazo que o TSE havia estabelecido para a publicação das listas de candidatos habilitados a participar das primárias de janeiro, que antecedem as eleições gerais. 

Em fevereiro de 2016, Evo Morales saiu derrotado, por uma pequena margem de votos, de um referendo realizado no país para decidir se o presidente poderia ou não concorrer a um quarto mandato. Na ocasião, 51,3% dos eleitores votaram contra essa mudança constitucional.

FONTE: Sputnik Brasil
Link Notícia