Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Bebê que nasceu prematuro de mãe vividense que morreu vítima da covid-19 já está em casa

BEBE-COVID

Postado em 1 de junho de 2021 por

Compartilhe agora

Depois de exatos sessenta dias internado, dos quais quarenta e quatro foram em UTI pediátrica de Hospital de Pato Branco, o pequeno Artur Miguel, já está casa. Segundo informou a Rádio Voz o pai de Artur, o Renan, o bebê recebeu alta na última sexta-feira, dia 28, dois meses após seu nascimento.

Artur Miguel é filho de Renan Ribeiro e de Maria Eduarda de Souza, uma jovem que morreu vítima da COVID 19, aos 21 anos de idade, no último dia 3 de abril.

Grávida de mais de seis meses, internada e entubada, Maria Eduarda precisou passar por uma cesárea de urgência dia 29 de março porque a bolsa amniótica estourou, e, Artur Miguel, nasceu.

Maria Eduarda passou mais de um mês internada por conta de complicações que teve após ser infectada pelo coronavirus, em 26 de fevereiro. No dia 6 de março, Maria Eduarda sofreu uma parada cardíaca, precisou ser entubada e, infelizmente, não recuperou-se mais, vindo a óbito na madrugada do dia 3 de abril, um sábado.

Segundo Renan, em entrevista, a evolução de Artur é impressionante: “O piá é muito forte, ele é um guerreiro”, disse ele.

Ainda conforme Renan, os médicos orientaram que a família deve ter cuidado redobrado por causa da pandemia, principalmente, no recebimento de visitas na casa. Por isso que a família pede um pouco de paciência aos amigos.

(Fonte: Rádio Voz)

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.