Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Paraná mantém liderança nacional em testagem padrão ouro para detecção da Covid-19

COVID-NOVO

Postado em 21 de maio de 2021 por

Compartilhe agora

O Boletim epidemiológico Covid-19 do Ministério da Saúde nº 62, de 13 de maio de 2021, aponta que o Paraná mantém proporcionalmente a liderança nacional em testagem RT-PCR considerado padrão ouro pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para detecção do vírus Sars-CoV-2, responsável pela Covid-19.

O documento mostra que o Estado realizou mais de 2,7 milhões de exames desde o início da pandemia. O número corresponde a cerca de 23,89% da população do Paraná, estimada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 11,5 milhões de pessoas.

“Desde o início da pandemia a estratégia do Paraná em testar em massa tem auxiliado para um diagnóstico mais rápido e preciso da doença, priorizando a utilização do padrão ouro que é o RT-PCR. Com isso as pessoas podem iniciar imediatamente o isolamento e também um tratamento para a doença”, afirmou o governador Carlos Massa Ratinho Junior.

RECORDE – A Unidade de Apoio ao Diagnóstico da Covid-19, implantada pelo Instituto de Biologia Molecular do Paraná (IBMP) em abril de 2020, em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) do Rio de Janeiro e o Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), ultrapassou nesta semana a marca de 2 milhões de testes RT-PCR. Esta foi a primeira central de testagem de alto processamento do Brasil e a unidade que mais realizou testes até agora.

“A parceria com o IBMP possibilitou que o Estado ampliasse a capacidade de testagem e, sem dúvidas muitas, vidas puderam ser salvas com a agilidade destes resultados”, disse o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

CAPACIDADE – O Laboratório Central do Estado (Lacen), que anteriormente concentrava a realização dos exames com uma média de 120 testes/dia, passou a 600 testes/dia ainda no início da pandemia no Paraná, e com a inclusão dessa nova unidade no ano passado o Estado ampliou a capacidade para atuais 10,6 mil exames/dia.

Os resultados são disponibilizados no sistema Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL) do Ministério da Saúde em até 48 horas.

Fonte: AEN

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.