Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Por se negar a vender a casa senhora é agredida a cadeiradas pelo próprio filho.

Por se negar a vender a casa senhora é agredida a cadeiradas pelo próprio filho.

Postado em 27 de abril de 2017 por

Compartilhe agora
Ademir Hanzen

Por volta de 09h30min da manhã de terça-feira (25/04), a Policia Militar de Saudade do Iguaçu foi acionada a comparecer na Linha Urutu, onde em uma residência um meliante descontrolado estava quebrando tudo dentro da casa, agredindo e ameaçando familiares.

De imediato a equipe deslocou ao endereço, chegando no local encontrou na residência somente a solicitante e sua filha, no interior da casa os móveis e utensílios estavam quebrados e jogados por toda parte.

Em conversa com a solicitante, esta relatou que o agressor foi seu FILHO e, segundo a senhora o rapaz jogava as cadeiras contra sua pessoa na tentativa de machucá-la, em meio à destruição este ainda lhe desferiu um soco vindo acertar seu peito.

Não bastasse quebrar tudo dentro de casa o agressor ainda ameaçou sua mãe dizendo que se ela não saísse da casa em 24 horas ele iria matá-la.

A irmã do agressor relatou que o rapaz quer vender a residência de sua mãe e constantemente vem fazendo ameaças, chega embriagado em casa e quebra o que vê pela frente.

A vitima disse ainda que quando acionou a equipe policial, o MACHÃO correu da casa e tomou rumo ignorado.

Após colher informações no local a equipe de imediato fez diligência vindo a encontrar o agressor em frente ao destacamento de policia militar de Saudade do Iguaçu e o encaminhou ao DPM para as providências pertinentes.

Após confecção do boletim de ocorrências no Destacamento, mãe e filho, os quais não tiveram os noves divulgados pela policia, foram encaminhados a Delegacia de Policia Civil da Comarca de São João para dar continuidade nos procedimentos cabíveis.

Por Ademir Hanzen com informações da PM.

Link da Notícia

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.